Última atualização em .

Bovespa estável hoje em +0,44%

Depois de ter começado o dia com tudo indo ao chão, a bovespa recuperou-se da queda e fechou com leve alta de +0,44% em 70.952 pontos. Quem segurou e inspirou a alta desde o início do pregão foram Petrobrás em +3,90% (PETR4) e Banco do Brasil +2,91% (BBAS3). A Vale despencou -1,77%. Hoje o câmbio e juros futuros caíram, com atuação do BC em rolar 1/6 dos US$ 3 bi programados. O cenário político turbulento teve um alívio na serenidade da negativa de um julgamento de liberdade para o ex-presidente Lula. Isso não foi suficiente para que investidores estrangeiros retornassem com os R$ 10,2 bi que já retiraram do mercado brasileiro e também não é suficiente para conter a desvalorização do real ante o dólar, que já subiu 16% esse ano. Friso nossa projeção FBC dee queda do Ibov até os 55 mil pontos.

Bolsas ao redor do mundo fecharam em baixa com fortes tensões na guerra comercial entre EUA x China. Mesmo sem uma guerra comercial plena, a escalada dos atritos entre os EUA x Resto do Mundo poderia pesar na confiança e no crescimento dos negócios. Os investidores estão expressando preocupação com o crescimento de longo prazo nos EUA, à medida que a diferença diminui entre o rendimento de títulos do Tesouro curto e de prazo mais longo e um novo nível de baixa após essa crise. A alta das tarifas comerciais também está forçando as empresas a mudar seus planos de investimento: a Harley-Davidson Inc. disse que mudaria a produção dos EUA para mitigar o impacto das tarifas da União Européia sobre suas motocicletas, e a Daimler "deu adeus" a rentabilidade da sua operação na semana passada, já pesando sobre um possível aumento da taxa de importação da China.

 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário