Última atualização em .

Ministro Ricardo Lula Lewandovski inviabiliza privatização da Eletrobrás e o BR

O Ministro Ricardo Lula Lewandovski condiciona a privatização da Eletrobrás (ELET3, ELET6) a ser aprovada somente pelo plenário do congresso. Desse jeito rasga a jurisprudência pacífica que remonta a 1997 no Plano Nacional de Desestatização. Ações da empresa despencam hoje -4,36% (ELET6). As distribuidoras deficitárias da Eletrobrás correm o risco de liquidação caso não sejam privatizadas.

A instabilidade jurídica aqui no país é ímpar. Afasta investimentos pelo Risco Brasil acentuado, encarece o custo do capital, atrasa nossa infraestrutura, logística, produtividade e nos faz ser sempre um Brasil menor... Olha o gráfico do Risco Brasil

Lewandovisk votou a favor de conceder Habeas Corpus a Lula para ele não ser preso mesmo depois de julgado em 2ª instância, juntamente com Toffoli ex-advogado do PT e Gilmar Mendes (o ministro que mais soltou bandido na história ocidental) acabam de soltar José Dirceu, um alto general na organização criminosa que destruiu esse país...

 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário