Última atualização em .

Gastos com servidores crescem mais que PIB

De acordo com cálculos do Ipea, os gastos com servidores ativos e inativos tiveram um aumento real médio de 2,9% em 2018, na comparação com 2017, segundo informações de 23 Unidades da Federação, divulgadas nesta segunda-feira, 15. O resultado é quase três vezes superior ao crescimento de 1,1% registrado pelo PIB no ano passado, lembrou o instituto. Segundo os Indicadores Ipea de Gastos com Pessoal, as despesas com inativos subiram 7,6% em 2018, enquanto os gastos com funcionários ativos aumentaram 0,7%.

“Os dados refletem dois fenômenos interligados. O primeiro é o elevado ritmo de crescimento das novas aposentadorias verificado nos últimos anos – reflexo, em grande medida, do ciclo de contratações de servidores públicos ocorrido nos anos 1980 e nos anos 1990, até a renegociação das dívidas estaduais em 1997. O segundo é a não reposição de parte significativa dos postos de trabalho antes ocupados pelos recém-aposentados”, escreveu o Ipea, em nota técnica.

Para entendermos o impacto disso, coloco abaixo o gráfico da proporção da dívida x pib (em %) atestando que o crescimento das despesas correntes (ativos e inativos) tem prejudicado o equilíbrio das contas públicas. Ambos já consomem mais da metade da arrecadação do país.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário