Última atualização em .

Em meio à insanidade, Bovespa acumula alta de 0,98% em abril

Em meio ao caos de toda as insanidades de polêmicas inúteis e contraproducentes, Bovespa acumula alta de 0,98% em abril. O andamento da reforma da Previdência no Congresso, com início dos trabalhos na comissão especial em 7 de maio, mantém a confiança do mercado na aprovação da PEC neste ano em um processo marcado ruídos políticos – a exemplo do ocorrido em abril –, prometendo volatilidade aos ativos brasileiros. Conforme calendário apresentado hoje pelo presidente da comissão especial da reforma, Marcelo Ramos, maio será palco de audiências públicas, com reuniões três vezes por semana, nas quais serão ouvidas de 50 a 60 pessoas. Ato contínuo, junho encerra o prazo para emendas ao parecer, com debates na comissão, e votação da proposta ao final do mês. Se levada a plenário no início de julho, daria tempo para aprovar a matéria no primeiro semestre, prazo pelo qual irá trabalhar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. 

Os destaques de hoje foram para Itaú +0,89% (ITUB4), Ambev +0,65% (ABEV3), Bradesco +0,25% (BBDC4), Petrobrás ON -0,96% (PETR3), e Petrobrás PN -0,95% (PETR4). Dólar cai 0,60% em R$ 3,9207.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário