Última atualização em .

Dia de trégua no Twitter na guerra EUA x China e mercados ficam positivos

A bolsa subiu após três quedas seguidas e retomou os 92 mil pontos, na esteira da melhora do apetite por risco no exterior, que tende a seguir ditando o ritmo do mercado brasileiro. As  negociações comerciais entre Estados Unidos e China apresentaram um tom mais construtivo após declarações do presidente americano Donald Trump prevendo que as discussões devem ter um bom desfecho entre três a quatro semanas. O alívio externo deu fôlego aos ativos brasileiros, dividindo holofotes com possíveis desdobramentos mais concretos sobre a delação de um dos sócios da Gol envolvendo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o avanço de investigações sobre as movimentações financeiras de Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro. 

O índice encerrou em alta de 0,40% aos 92.092 pontos e os destaques de hoje foram para Itaú -0,47% (ITUB4), Ambev -0,41% (ABEV3), Bradesco -0,30% (BBDC4), Petrobrás ON +0,04% (PETR3), e Petrobrás PN +0,39% (PETR4). Dólar cai 0,51% em R$ 3,983.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário