Última atualização em .

Mesmo com cenário externo em queda, Bovespa fecha estável

Bovespa fecha estável em +0,01% mesmo com cenário externo ruim, devido a demora na aprovação de estímulos nos EUA e não deve sair antes das eleições. A margem de vitória de Biden nas pesquisas tem caído, o que pode levar a Trump questionar judicialmente um resultado desfavorável nas eleições caso não consiga a vitória. Fatos que fizeram quase todas as bolsas fecharem no vermelho hoje. Os títulos do Tesouro americano 0,8% o maior valor desde junho/20 e o dólar caiu.

Os futuros caíram no Japão e na Austrália e subiram em Hong Kong. Os contratos S&P 500 abertos mudaram pouco, mesmo depois que o índice fechou modestamente em baixa em uma sessão volátil. A presidente da Câmara americana, Nancy Pelosi, continuou as conversas com representantes da Casa Branca, mesmo com poucas chances de um acordo ser aprovado no Senado. O yuan offshore continuou a se fortalecer.

Em outros lugares, a libra saltou depois que o negociador do Brexit e chefe da União Europeia, Michel Barnier, disse que um acordo está próximo. O cobre foi negociado perto da maior alta em dois anos devido a interrupções no fornecimento no Chile. O petróleo caiu para US$ 40 o barril em Nova York depois que um relatório da indústria apontou para um aumento surpreendente nos estoques de petróleo americano.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário