Última atualização em .

Como eu disse domingo, a era do otimismo voltou

Wall Street fechou em forte alta hoje, com o Dow Jones e o S&P 500 alcançando novos recordes. O estímulo fiscal finalmente se tornou lei com o presidente Joe Biden assinando o pacote de alívio do coronavírus de US$ 1,9 trilhão nessa tarde de quinta-feira, aliado ao fato que as vacinações da Covid-19 aumentam e mais estados avançam para reabrir suas economias. Do lado macro, os pedidos de desemprego semanais na semana encerrada em 6 de março totalizaram 712 mil com ajuste sazonal, abaixo da estimativa do Dow Jones de 725 mil. Enquanto isso, os rendimentos do Tesouro de 10 anos subiram menos de um ponto base para 1,53%, enquanto os preços do petróleo WTI saltaram 2,5% para US$ 66 por barril. O Dow Jones ganhou 188 pontos ou 0,6% para 32.486. O S&P 500 somou 41 pontos ou 1% para 3.939. O Nasdaq subiu 330 pontos ou 2,5% para 13.399.

Aqui no Brasil, a aprovação da PEC emergencial trouxe otimismo ao mercado. Investidores mais cautelosos se preocupam no longo prazo com a manutenção de texto original mas retirando barreiras a resjustes e progressões de servidores em meio a uma pandemia como a que vivemos. Isso custará aos cofres públicos a vergonhosa bagatela de R$ 1 bi por ano. Ibovespa subiu forte 1,96% aos 114.983 pontos. Os destaques foram para Ambev (ABEV3) -1,18%, Itaú (ITUB4) +0,15%, Bradesco (BBDC3) +2,00%, Petrobrás ON (PETR3) +2,96% e Petrobrás PN (PETR4) +4,25%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário