Última atualização em .

Tá tudo ok...

Mercado americano sem direção em forte venda de ações de empresa de tecnologia

Wall Street fechou sem definição nessa quinta-feira, com o Dow Jones terminando ligeiramente em alta pela segunda sessão consecutiva e o S&P 500 e o Nasdaq fechando no vermelho por causa de fortes vendas de ações de tecnologia. As preocupações com o recente aumento da inflação e o aumento dos casos de COVID-19 em todo o mundo continuaram a aumentar, enquanto uma queda acentuada nos preços do petróleo atingiu o setor de energia. O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, disse aos legisladores que a recente pressão inflacionária seria temporária, mas muitos investidores ainda estão preocupados com um aperto da política monetária antes do esperado. Enquanto isso, os investidores saudaram os sinais de recuperação do mercado de trabalho, depois que os dados mostraram que os pedidos de seguro-desemprego semanais caíram para o mínimo de 16 meses na semana passada. No front corporativo, o Morgan Stanley se tornou o último grande banco a impressionar na divulgação de resultados do 2T2021 apontando fortes lucros. O Dow Jones ganhou 0,2% para 34.987; o S&P 500 caiu 0,3% para 4.360; e o Nasdaq caiu 0,7%, para 14.543, marcando sua mais longa seqüência de derrotas em quase dois meses.

Aqui no Brasil o mercado acompanhou cautela internacional e ainda preocupações com a saúde do presidente Bolsonaro. O Bovespa fechou em queda de 0,73% aos 127.467 pontos. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) -1,62%, Itaú (ITUB4) -1,20%, Bradesco (BBDC3) -0,46%, Petrobrás ON (PETR3) -2,36% e Petrobrás PN (PETR4) -2,13%. 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário