Última atualização em .

Wall Street recorde. Bovespa fumo.

O Dow Jones fechou em um novo recorde de alta, e os índices S&P 500 e o Nasdaq 100 também subiram refletindo otimismo com os relatórios trimestrais continuando a mostrar bons resultados acima das expectativas. Os ganhos da 3M, UPS e General Electric superaram as previsões e a Eli Lilly aumentou suas previsões para o ano inteiro. Quase 30% das empresas S&P 500 relataram lucros e mais de 80% delas superaram as expectativas do mercado. Enquanto isso, após o fechamento do pregão em Wall Street, a Microsoft superou as expectativas de vendas, relatando um crescimento de 22%; e os lucros da Alphabet superaram fortemente as estimativas dos analistas.

O Índice Bovespa fechou perto da mínima do dia, de volta aos 106 mil pontos, acompanhando a piora das expectativas para inflação e juros após o IPCA-15 de outubro vir acima do esperado. Os juros futuros dispararam e passaram a projetar uma alta de mais de 1,75 ponto percentual para a Selic na decisão do Comitê de Política Monetária amanhã, enquanto vários bancos subiram suas estimativas para 1,5 ponto agora e em dezembro. Na agenda de amanhã, o destaque será a decisão de juros do Copom no início da noite. Antes, o IBGE divulga a taxa de desemprego da PNAD Contínua de agosto. O Tesouro divulga o Relatório da Dívida Pública de setembro. 

O Ibovespa fechou em queda de 2,11%, a 106.419 pontos nesta terça-feira, refletindo preocupações com a inflação e com os investidores de olho na reunião do Copom para decidir a Selic. Os setores mais sensíveis ao rali dos DIs, como imobiliário e de consumo, foram os grandes perdedores, com a curva de juros avançando em toda extensão em até 46 pontos-base, projetando 188 pontos-base de alta da Selic amanhã e 172 pontos na próxima. Já o dólar futuro subiu 0,15%, a R$5,570. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) -0,72%, Itaú (ITUB4) -1,08%, Bradesco (BBDC3) -2,32%, Petrobrás ON (PETR3) -1,15% e Petrobrás PN (PETR4) -0,96%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário