Última atualização em .

Na sexta todo mundo dando uma arriada

Wall Street caiu acentuadamente nesta quinta-feira com as preocupações dos investidores sobre uma postura política mais agressiva do Federal Reserve. Havia consenso de alta, mas uma taxa de inflação dos EUA atingindo 7,5% em janeiro, a leitura mais alta desde 1982, acima das expectativas do mercado, elevando fortemente os rendimentos dos títulos do tesouro americano. Após a divulgação, o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, disse que estava aberto a uma alta de 50 bps em março e queria ver um ponto percentual completo de alta até julho. O movimento vendedor iniciou-se com ações de tecnologia, mas durante a tarde se espalhou para ações mais cíclicas. O Nasdaq encerrou a sessão com queda de 2,1%, o S&P 500 caiu 1,8% e o Dow Jones perdeu 526 pontos depois de cair mais de 600 pontos nas mínimas da sessão.

No Brasil, o Ibovespa manteve os ganhos pelo terceiro pregão, beneficiado por commodities e bancos, que seguem atraindo investimentos estrangeiros.  O índice brasileiro subiu 0,81% a 113.367 pontos, com destaque para o índice financeiro da B3, que subiu 0,66%. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) +1,44%, Itaú (ITUB4) +1,91% Bradesco (BBDC3) +0,81%, Petrobrás ON (PETR3) +1,71% e Petrobrás PN (PETR4) +1,53%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário