Última atualização em .

Wall Street fechou em baixa pela terceira sessão consecutiva na sexta-feira, registrando uma segunda semana consecutiva de perdas, com o aumento das tensões entre a Rússia e a Ucrânia e as preocupações sobre os próximos passos do Fed dominando a sessão. A mídia russa disse que um carro explodiu perto de um prédio do governo em Donetsk, controlada pelos separatistas, e os civis foram obrigados a evacuar, aumentando os temores de que a Rússia esteja planejando invadir a Ucrânia. Enquanto isso, o St. Louis Fed Bullard alertou que a inflação pode ficar fora de controle sem aumentos nas taxas e a presidente do Fed Bank of Cleveland, Loretta Mester, disse que apóia o aumento das taxas de juros mais rapidamente, se necessário. Nas atualizações de informações corporativas, os analistas do BoA reiteraram sua classificação de “desempenho inferior” nas ações da Intel, enquanto as ações da Roku caíram 22% depois que as receitas trimestrais não atingiram as expectativas e emitiram orientações fracas. O Dow perdeu 234 pontos, o S&P 500 caiu 0,7% e o Nasdaq terminou 1,2% em queda.

O Ibovespa fechou em queda de 0,57%, aos 112.879 pontos, acompanhando a aversão ao risco global. Foi destaque positivo Cielo ON, que disparou 12,30% após venda da Merchant E-Solutions. Na outra ponta estavam os papéis da Rumo, caindo 8,81%, cujo balanço decepcionou investidores. Na semana, o Ibovespa caiu 0,61%, após duas semanas de alta. Os destaques de ontem foram para Ambev (ABEV3) -0,54%, Itaú (ITUB4) +0,38% Bradesco (BBDC3) +0,45%, Petrobrás ON (PETR3) -0,64% e Petrobrás PN (PETR4) +0,61%.

 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário