Última atualização em .

Wall Street fechou em forte alta nessa terça-feira, depois que o declínio nos preços do petróleo e a inflação ao produtor abaixo do esperado aliviaram as preocupações sobre as crescentes pressões inflacionárias. O Dow Jones fechou em alta de 600 pontos, enquanto o S&P 500 e o Nasdaq ganharam 2,1% e 2,9%, respectivamente. Ainda assim, o impacto do aumento nos preços das commodities ainda não foi capturado pelos dados de preços na economia, enquanto isso os bloqueios devido ao aumento das infecções por Covid na China continuam a ameaçar as cadeias de suprimentos. As atenções agora se voltam para a decisão de política do Fed amanhã, com o banco central esperado para entregar um aumento de 0,25 ponto percentual, o primeiro aumento na taxa de fundos federais desde 2018. Os investidores também aguardam uma atualização sobre as expectativas de inflação e crescimento e orientações sobre o impacto que a guerra na Ucrânia pode ter sobre a economia.

A desvalorização das commodities pesou sobre o Ibovespa, que fechou em queda pelo quarto pregão seguido, de 0,88%, aos 108.959 pontos. A ação ordinária da Vale retirou o maior número de pontos do índice, em queda de 2,87%, seguida pela preferencial e pela ordinária da Petrobras, que cederam 2,42% e 1,86%, respectivamente. A mineradora também registrou o maior volume de negócios na sessão de hoje, véspera de vencimento de opções sobre índice, com um saldo total de R$2,58 bilhões. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) -1,49%, Itaú (ITUB4) -1,11% Bradesco (BBDC3) -0,87%, Petrobrás ON (PETR3) -2,36% e Petrobrás PN (PETR4) -3,59%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

  1. informação em #

    Wall Street sobe forte... Bovespa só sobe amanhã... | FBC

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário